Os think tanks dos EUA e as visões so-bre a atuação internacional do Brasil

  • Eduardo Munhoz Svartman

Resumen

O artigo aborda a produção ideacional de think tanks dos Estados Unidos a respeito da projeção e da atuação internacional do Brasil. Num contexto no qual os EUA não possuem ainda uma estratégia consolidada para lidar com os chamados emergentes, a produção dos think tanks, por buscar influenciar a formulação de políticas, é repre-sentativa das visões difundidas e das opções discutidas no ambiente político de Wa-shington. Argumenta-se que as visões a respeito do Brasil de forma geral e da sua atuação nos planos regional e global são majoritariamente favoráveis e que os think tanks recomendam que os EUA apoiem a projeção brasileira como forma de melhor preservar seus interesses numa ordem multipolar que se desenha.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.
Publicado
2016-07-10
Cómo citar
Munhoz Svartman, E. (2016). Os think tanks dos EUA e as visões so-bre a atuação internacional do Brasil. Relaciones Internacionales, 25(50). Recuperado a partir de https://revistas.unlp.edu.ar/RRII-IRI/article/view/2682
Sección
Estudios